Design Singular de performance e inovação

line break Eduardo Carmello



É completamente possível que o que funciona para mim não funcione para você. Temos genética, famílias, personalidades, comunidades e estágios existenciais diferentes.

Somos singulares. Filhos de uma natureza diversa, diferente, repleta de variedades.

Dessa forma, não faz sentido eu te obrigar a utilizar o que funciona pra mim, mesmo sabendo que não funciona para você. Assim como não é coerente me obrigar a parar de utilizar o que funciona para mim, só porque não funciona pra ti. É a mesma coisa que criar uma regra totalitária onde todos os 05 amigos que almoçam juntos devem dividir a conta por igual, mesmo que um comeu camarão e tomou o vinho mais caro do restaurante e o outro comeu apenas uma salada e tomou um suco. Autoritarismo nunca combinou com ética.

Num evento de liderança em 2020, me disseram que a habilidade mais importante que eles precisavam era capacitação. Nas entrevistas, perguntei qual das 05 habilidades eles mais precisavam manifestar para que sua equipe melhorassem seus resultados (orientação, coordenação, engajamento, acompanhamento e capacitação). 25% disseram orientação, 18% disseram acompanhamento, 27% disseram engajamento, 17% disseram coordenação e 13% capacitação. Fora que os melhores resultados aconteceram, não da aplicação de uma única habilidades e sim de uma composição das 05 habilidades, a partir das necessidades de cada talento de suas respectivas equipes.

Um grupo de pessoas dentro da empresa, por algum motivo, definiu uma única habilidade para 200 líderes querendo que todos aprendessem a mesma coisa, do mesmo jeito, no mesmo tempo.É como se um gestor definisse que todos os departamentos de uma empresa deveriam reduzir em 10% seus custos, sabendo que alguns departamentos poderiam reduzir 20% e outros somente 05%. Serve para corte de pessoas, aumento de receita, alocação de investimento. Falta inteligência sistêmica, profundidade, noção de proporcionalidade.

Enquanto que no mundo real, singular e contextual sabemos que os líderes performam melhor recebendo conhecimentos e práticas diferenciadas, a partir de suas competência e necessidades, dentro dos dos diferentes estágios em que se encontram.

Precisamos urgentemente de Design Thinking, de Agilidade e de Growth Hacking para melhorar a experiência do cliente e fazer acontecer o crescimento da Organização.

É completamente possível que o que funciona para mim não funcione para você. Ao invés de querer inocular uma solução única para todos, o mais prudente é compreender o que cada um precisa para funcionar melhor, ser mais forte e impactar positivamente seus resultados.

Eduardo Carmello




Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *